Como montar um TCC: 9 Erros bobos que fazem do seu TCC um fracasso

Como montar um TCC de sucesso e sem drama? Antes de se formar e conquistar o tão sonhado diploma, todo estudante universitário tem que realizar um trabalho de conclusão de curso.

Mas é nessa hora que muitos estudantes ficam de cabelo em pé, por ser um trabalho de caráter acadêmico obrigatório e com muitas regras, os alunos acabam ficando muito ansiosos e suscetíveis a cometer erros bobos.

Para ajudá-lo a elaborar um TCC de sucesso, usamos como referência algumas dicas do Professor e Orientador de trabalhos acadêmicos Amilton Quintela, ele também é o idealizador do Portal TCC Sem Drama.

 


 

#1 – Não verificar as regras exigidas por sua Universidade


O  tipo de TCC exigido e o prazo de entrega do trabalho, pode variar dependendo do curso e de uma Universidade para outra.

Estar atento a esse detalhe pode inclusive dar uma luz a aquele estudante que não sabe por onde começar o trabalho de conclusão do curso.

No geral essas regras não variam muito, mas a Instituição de ensino pode permitir um trabalho nesses formatos

  • Uma monografia
  • Um estudo de caso
  • Um projeto experimental

Pode também permitir que o trabalho seja feito por dois ou mais alunos,e com prazos curtos de 60 dias a prazos longos que podem chegar a um ano.

Converse com o orientador da sua Universidade, verifique as regras e  possibilidades de trabalhos que podem ser feitos.

 

#2 – Não escolher um tema viável


A escolha do tema deve ser feita com muito cuidado, pois ele vai determinar o andamento do trabalho.

Para não se meter em enrascada e escolher o tema errado, Amilton Quintela desenvolveu 3 simples passos para escolher o tema do TCC, que é usado por ele e seus alunos.

São três perguntas simples, mas que quando respondidas facilitam na escolha do tema.

     1 – O tema me interessa ou pode ser útil para minha vida?

Baseado nas disciplinas e assuntos que você estudou durante o curso, qual assunto mais te chamou atenção, qual você gostaria de se aprofundar mais?

Caso você não encontre nenhum assunto, busque algum assunto que tenha relação com sua vida pessoal, trabalho, do dia a dia e que tenha relação com o seu curso.

      2 –  Existe conteúdo disponível sobre o assunto?

Após definir o assunto, você precisa saber se outros autores, estudiosos já analisaram e produziram conteúdo sobre ele.

Existem diversas ferramentas para descobrir isso, o site da Capes , BDTD (Biblioteca Nacional Brasileira de Teses e Dissertações) e o Google Acadêmico.

Se você encontrar uma boa quantidade de artigos abordando o assunto, ele pode ser considerado uma boa escolha.

     3 – O assunto possui relevância dentro da minha área de conhecimento?

  Não basta o assunto ser apenas relevante para você, verifique se ele também é relevante para sua comunidade, para empresas, se ele for relevante e se encaixar nas duas últimas perguntas, esse é o seu tema.

 

#3 – Não Escolher o orientador certo


Após escolher a área de abordagem do seu TCC ou até o tema que vai ser abordado, lidamos com mais uma escolha importante, encontrar um bom orientador.

O orientador vai guiar o estudante durante toda a criação do projeto, e verificar se o  trabalho está sendo feito com coerência.

Para escolher o orientador certo, podemos verificar três pontos chave:

  • O orientador tem alguma experiência com o tema que vai ser abordado no trabalho?
  • Você possui uma relação boa com esse orientador?
  • Esse orientador costuma ser mais aberto a novas ideias ou tem que ser tudo do jeito dele?

Esses são pontos que podem agregar muito valor ao seu trabalho ou torná-lo cansativo, lembre-se que o orientador não vai ser sua babá, corra atrás e extraia o melhor que ele possa lhe ensinar.

 

#4 – Não prestar atenção nas normas da ABNT


Além das regras da sua Universidade, você deve se atentar as normas da ABNT na hora em que estiver criando seu TCC.

Elas determinam a formatação do trabalho, como a organização citações e das referências bibliográficas.

Saber quais são as regras da ABNT e aplicá las desde o início do trabalho, vai evitar dores de cabeça no final.

 

#5 – Não criar um cronograma


Após verificar as regras da sua universidade, você saberá qual o tempo disponível para o desenvolvimento do TCC.

Algumas universidades liberam um tempo longo para fazer o trabalho de conclusão do curso, e é onde mora o perigo, muitos estudantes acabam relaxando demais, e sempre deixam para começar outro dia.

Para aproveitar melhor o tempo e não ficar sobrecarregado. Divida seu trabalho em pequenas metas com prazo.

Faça uma pequena lista de tarefas todo domingo, para serem realizadas durante a semana e poder tirar o final de semana para lazer.

É inclusive uma das regras seguidas pelo Amilton Quintela e seus alunos,  É proibido trabalhar no TCC durante feriados e finais de semana. 

#6 – Escolha de parceiros de trabalho


Algumas instituições de ensino permitem que o TCC seja feito em duplas ou grupos, isso reforça o primeiro ponto abordado neste artigo, confira as regras da sua Universidade.

Mas não comemore tanto, o trabalho ser feito por mais pessoas pode ajudar, mas se você não tomar cuidado na escolha do seu parceiro de trabalho, pode prejudicar o andamento do projeto.

  • Escolha pessoas que complementam o grupo, que você possa dividir as tarefas, talvez você escreva bem, mas não é tão bom com pesquisas.
  • Escolha pessoas que se interessam pelo assunto que será abordado.
  • Escolha pessoas que você tenha afinidade, ou consegue se relacionar tranquilamente, vão existir momentos de estresse, e vocês vão precisar se entender para não prejudicar a criação do trabalho.

#7 –  Comprar um TCC pronto ou plagiar


Comprar um trabalho pronto ou plagiar é assinar seu fracasso, alguns estudantes ficam tentados a pegar esses atalho, principalmente quando o prazo é curto, fora alguns espertinhos que gostam de pegar um atalho.

Mas essa é uma péssima escolha, hoje em dia já existem várias formas de identificar quando um TCC está plagiado e se foi produzido pelo estudante.

Geralmente trabalhos comprados tendem a ser mal feitos, pois o interesse da pessoa é apenas vender, fora que na hora da apresentação o aluno fica confuso, pois não entende nada do assunto.

Você pode usar algum trecho ou ideia de outros autores em seu trabalho, mas lembre-se de fazer citações de onde encontrou a ideia ou o trecho.

 

#8 – Não revisar direito o TCC


Depois de todo trabalho com pesquisas e produção do trabalho, chegou a hora de revisar, verificar se não há erros gramaticais, de ortografia e se está seguindo todas as regras da Universidade e da ABNT.

Às vezes por causa do pouco tempo e por já ter lido várias vezes o trabalho, muitos estudantes acabam deixando de lado a revisão completa, e aí é onde está o perigo.

Simples erros podem prejudicar a nota do seu trabalho, peça a seu orientador para revisar e verificar se todas as partes estão coerentes.

 

#9 – Não se preparar para apresentação


Chegou o final do trabalho, a etapa mais importante do seu TCC, muitos estudantes entram em pânico, por ser uma apresentação onde terão pessoas te questionando, confira algumas dicas abaixo para melhorar sua confiança e não cometer erros bobos

  • Se você seguiu a dica número 7 e não comprou seu TCC, provavelmente você entende sobre o assunto tratado nele, muito importante você revisá lo, isso vai aumentar sua confiança.
  • Não escreva o trabalho todo nos slides, ele é apenas um guia, onde você deve escrever pontos chaves para não se perder, a bancada quer te ouvir não ficar lendo.
  • Apresente-se  para alguns colegas ou familiares, eles podem te dar um feedback de como está sua apresentação e ajudar a melhorá-la.

Por fim, mas não menos importante

Se você quiser saber mais como montar um TCC de sucesso, e não tremer na frente da bancada na hora da apresentação, recomendo conhecer o curso TCC sem drama do Amilton Quintela.

O Amilton é Professor e Orientador de trabalhos acadêmicos em cursos de Graduação e Pós-graduação, e acredita que ensinar significa simplificar. 

Vendo o drama de muitos estudantes na hora de fazer seu trabalho de conclusão do curso, ele decidiu criar um Portal de Orientação de TCC.

O que vou encontrar no portal?


  • O portal conta com um Orientador ao vivo para o aluno tirar dúvidas sobre o desenvolvimento do TCC.
  • 40 vídeo aulas mostrando cada detalhe do TCC
  •  50 modelos de TCC  de diversos cursos
  • Um vídeo com dicas para perder o medo de falar em público.
  • 10 Bônus especiais

Entre os 10 bônus, dois deles achei incríveis, que é o Modelo de Slides para a Apresentação do TCC e o Cronograma exclusivo, ótimo pra quem quer fazer rápido o trabalho.

Garantia de 30 dias

Você também terá 30 dias de garantia para testar o curso, e caso o conteúdo do portal não te agradar, basta apenas enviar um e-mail solicitando o reembolso.

 

     

              >> Clique aqui para conhecer O Portal TCC sem drama <<<

 

Depoimentos de alunos do TCC SEM DRAMA


 

      >>> Quero conhecer o TCC Sem Drama! <<<